Alimentos que não parece, mas tem carboidratos

O papel que a alimentação correta desempenha para a saúde e o bem estar é inegável. Mas há algumas comidas que embora sejam consideradas benéficas e saudáveis, tem uma quantidade de carboidratos muito grande, que em excesso pode trazer problemas como obesidade. Veja abaixo alguns destes alimentos.





Barras de cereal


Conhecidas como uma das opções mais saudáveis para lanches rápidos além de terem muitos açúcares e carboidratos, possuem poucas proteínas e equivalem a doces sem nenhum valor nutritivo como pequenas barras de chocolate. Por isto devem ser consumidas com moderação.

Pães multigrãos


Apesar de serem mais saudáveis que os tradicionais, existem determinados pães “lights” cujos índices de carboidratos chegam a beirar 28 gramas, o mesmo valor que uma unidade de pão francês. Opte sempre pela farinha de pão integral e ingredientes naturais e não refinados.

Maçãs vermelhas


Esta é uma das frutas que mais tem açúcar natural, e carrega consigo uma grande quantidade de calorias e carboidratos. Para inseri-la de maneira saudável na dieta, é necessário consumir também outros frutos e legumes variados.

Geleias


Sejam processadas ou feitas de maneira natural, a fabricação de geleias envolve a adição de açúcar e outros ingredientes, o que contribui para que tenham muitos carboidratos. Evite come-las muito seguido ou misturadas com outros alimentos também calóricos como o pão.

Mel


Este é um alimento saudável e bastante recomendado, mas é preciso ficar atento. Em sua composição encontra-se um número pequeno, porém significativo de carboidratos, e por isso o seu consumo precisa ser dosado.

Sopas em pó


Este é um tipo de comida que deve se ter precaução. Mesmo em suas versões light, as sopas em pó carregam açúcares e carboidratos, não sendo tão saudáveis quanto parecem. Fique de olho na lista de seus ingredientes e opte sempre por sopas naturais.

Açúcar mascavo


A opção mais saudável de açúcar também traz quantidades regulares de carboidratos. Ainda assim, é recomendável para substituir a sua versão tradicional, por ter uma composição menos calórica e mais natural.


Qualquer alimento com açúcares e carboidratos em sua composição não precisa ser cortado da dieta, até porque são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Porém, o melhor é comê-los moderadamente, em uma dieta rica em fibras, proteínas e nutrientes em geral.

0 comentários