Dieta da Proteína Passo a Passo

Ter um corpo bonito e saudável é o objetivo de muitos brasileiros, ainda mais frente ao surto de obesidade que se instaura no país e no mundo. Em busca de práticas e dietas eficientes de emagrecimento, algumas técnicas são mais evidentes que outras por seus resultados comprovados, inclusive pela ciência.

A fórmula para um corpo perfeito é a junção de exercícios físicos, bons hábitos de saúde e reeducação alimentar. E para reduzir as calorias e atingir o corpo perfeito, uma das dietas que tem se destacado é a dieta da proteína.


O que é a Dieta da Proteína?

Como fazer a dieta da proteína

Há muitas dietas atualmente que privilegiam as proteínas em relação a outros alimentos da pirâmide alimentar. Mas talvez a primeira, e mais conhecida delas, seja a dieta foi desenvolvida pelo cardiologista Robert Atkins, conhecida como Dieta do Dr. Atkins. Atualmente, outra dieta que segue princípios parecidos é a Dieta Dukan.

Passo a Passo e Cardápio da Dieta de Proteínas


O cardápio desta dieta pressupõe as proteínas e gordura na forma de carnes, óleos, manteiga e produtos lácteos. Parece estranho, mas são as proteínas e gorduras os alimentos permitidos nesta dieta. Você pode perder até 7 quilos em 15 dias.

A Dieta da Proteína prevê quatro passos em sua realização:

Indução: Esta fase é composta pelas duas primeiras semanas e os alimentos indicados são as carnes, queijos e outros produtos ricos em gordura. Vegetais com baixo teor de carboidratos são permitidos – como cenoura, brócolis, tomate, folhas verdes e abóbora. Consuma 3 porções pequenas por dia.

Perda de Peso Contínua: Aumente o consumo de legumes e carboidratos leves, principalmente os integrais. Essa etapa dura até que se esteja de 3 a 5 quilos de seu peso ideal. Pode demorar, mas funciona.

Pré-Manutenção: Nesta fase, você pode consumir apenas 10 gramas de carboidratos por dia. Esta fase dura de 2 a 3 meses.

Manutenção: Nesta fase em diante, você pode consumir apenas 100 gramas de carboidratos por dia.


Benefícios da Dieta da Proteína



·         Você não precisa passar fome para emagrecer.

·         A proteína possui digestão lenta, o que garante que você tenha menos fome por muito mais tempo.

·         A dieta não priva você de nenhum alimento, mas é preciso seguir as etapas e suas restrições.

·         As proteínas são perfeitas para o ganho de massa magra, o que faz gastar ainda mais energia e definir o corpo.

·         É importante saber que quando você perde peso em curto prazo, mas não só perde gordura, mas massa também – por isso a importância das proteínas na alimentação.


Desvantagens da Dieta da Proteína



·         A quantidade de gorduras saturada e colesterol é elevada nesta dieta, o que pode aumentar os níveis de colesterol ruim (LDL – colesterol), favorecendo o aparecimento de problemas cardiovasculares. Não é indicada esta dieta a pessoas com problemas vasculares existentes.

·         O consumo excessivo de proteínas pode sobrecarregar os rins e fígado em longo prazo.

·         Tonturas, fraqueza e desmaios e constipação intestinal, devido ao baixo consumo de fibras, podem ocorrer em todas as fases da dieta.

·         A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica de 55 a 75% das calorias totais do dia. Esta dieta é uma das que menos possui carboidratos entre todas. Como o corpo tende a converter gordura em energia, liberando elementos cetônicos em excesso, pode ser prejudicial às células.



·         Mal hálito é algo comum entre as pessoas desta dieta.

0 comentários