Jejum intermitente como fazer, benefícios


Na lista de dietas da moda está o jejum intermitente. Talvez você já tenha ouvido falar, pois muitas famosas aderiram à prática para perder uns quilinhos, como Deborah Secco, Juliana Paes e Salma Hayek.

Mas o que seria esse tal Jejum Intermitente! Se você for ao dicionário, verá que tal palavra significa algo que pode cessar, que possui intervalos. Ou seja, é um jejum que tem uma ou mais pausas durante o dia para você saciar sua fome.

Vamos explicar por aqui os benefícios que essa dieta do momento tem tanto para o emagrecimento quanto para a melhoria da saúde e, claro, da praticidade do dia a dia.
Acompanhe nosso post e tire suas dúvidas!

O que é Jejum Intermitente (JI)?


o que é jejum intermitente


Para começar, é preciso dizer que a dieta do Jejum Intermitente não é igual às outras, simplesmente por que não dita regras daquilo que você pode comer ou não. Ela define “quando” você poderá comer.

Por conta disso, muitos especialistas acham que o JI é um “estilo de alimentação” e não uma dieta comum. E esse método, como poucos sabem, não é tão novo... até por que, muitas religiões incentivam o jejum por motivos espirituais.

Na sociedade moderna, criou-se o hábito de quebrar o jejum assim que acordamos, algo que não era feito em períodos passados. Pouca gente conhece que podemos parar o jejum (que inicia-se quando estamos dormindo) em qualquer hora do dia, e não necessariamente de manhã.

Isto é, você pode começar a comer ao meio dia, às duas horas da tarde, às cinco, enfim, não há um horário certo para se alimentar, basta que você esteja com FOME DE VERDADE. Para você que precisa emagrecer para ontem, recomendo da uma lida na "Dieta Low Car como fazer, benefícios" , aliada com o Jejum Intermitente é uma dieta poderosa e com efeitos rápidos.

>>>Benefícios mais conhecidos do Jejum Intermitente<<<

Apesar de polêmico, o Jejum Intermitente já foi objeto de estudo de muitos grupos científicos, que descobriram poderes benéficos à saúde humana. Veja só o que ele pode fazer por você

  1. Ele queima a gordura e não massa magra e músculos 
  2. Ajuda a emagrecer aceleradamente 
  3. Deixa você mais sensível à insulina 
  4. Sacia muito mais 
  5. Proporciona sensação de bem-estar 
  6. Confere muito mais energia durante o dia 
  7. Acelera o metabolismo basal 
  8. Controla o nível de glicose no sangue 
  9. Previne e controla o diabetes tipo 2 

>>>Emagrecendo com o Jejum Intermitente<<<

Como dissemos, o JI é um poderoso aliado ao emagrecimento com saúde. O especialista nessa dieta Dr. George Cahill elaborou um estudo sobre a fisiologia do jejum, no qual conta com 5 estágios.

Veja quais são detalhadamente:


Estágio: ao começar o jejum, boa parte do corpo está queimando glicose exógena, proveniente dos carboidratos ingeridos. Isto é, você queimará glicose (açúcar), algo excelente para começar.

e Estágios: durante o jejum, o glicogênio armazenado abastece a glicose necessária ao corpo. Enquanto a maior parte dos tecidos queima glicose, os músculos, fígado e células de gordura começam o processo de queima de gordura.

Estágio: o glicogênio presente no organismo acaba e agora os rins e o fígado provêm toda a glicose necessária. Todavia, nem todo o corpo utilizará a glicose, somente o cérebro, os glóbulos vermelhos e a medula renal.

Estágio: o cérebro vai só queimar gordura na forma de corpos cetônicos e os glóbulos vermelhos usarão somente de uma pequena quantidade de glicose. Seu corpo praticamente já estará acostumado com o jejum.

Esses 5 estágios nos mostram que o corpo aprende a queimar gorduras durante o processo, e não só a queimar glicose, necessária ao corpo em pequenas quantidades.

Fazendo o Jejum Intermitente certinho, você alcançará o objetivo de perder peso.

>>>Como você pode adotar o Jejum Intermitente<<<

Algo bacana do Jejum Intermitente é que você pode escolher o método que mais se encaixa com o seu perfil. Há três formas mais conhecidas de adotar esse estilo de alimentação, veja:

  • Jejum de 12 horas 

Esse é o mais comum, mas também é o que menos proporciona resultados rápidos. Isso porque, naturalmente, deixamos de comer durante nossas horas de sono e, quando acordados, o corpo só fica mais algum tempo sem se alimentar.

Exemplo: Você pode jantar, por exemplo, às 21h e tomar seu café tranquilamente às 9h do dia seguinte, e jantar novamente Às 21h.

  • Jejum de 16 horas 

Esse tipo de JI é conhecido como 16\8, pois são 16 horas de jejum e 8 horas que você terá para fazer as refeições que precisa durante o dia. Ele é um dos mais adotados por favorecer o crescimento de músculos sem acumular gordura.

Exemplo: Você faz sua última refeição do dia às 20 horas. No outro dia, inicia sua alimentação ao 12h. Já estará colocando em prática o jejum de 16 horas.

Esse horário é só uma sugestão. Você pode fazer isso da maneira que melhor couber em sua rotina.

  • Jejum de 18 horas 

Esse estilo de JI também é bem efetivo. Dependendo de sua rotina, pode ser uma alternativa viável e a insulina ficará em níveis baixos por mais tempo.

Exemplo: Seu jantar pode ser às 20h e a próxima refeição será às 14h do dia seguinte.

  • Jejum de 24 horas 

Em um primeiro momento esse protocolo de Jejum Intermitente pode parecer radical. Porém, se você for uma pessoa com uma vida corrida, pode dar muito certo. Ele não é prejudicial à saúde, pode ficar tranquilo quanto a isso( confirme com seu médico se você não tem nenhum problema de saúde antes de fazer), pois você nunca passará um dia sem comer, sempre terá uma refeição ao seu gosto.

Exemplo: Você escolhe fazer sua refeição às 14h e, assim, só fará outra no dia seguinte, no mesmo horário.

Tanto faz escolher o período do café da manhã, do almoço ou jantar, o que importa é ter um horário regrado todos os dias para se alimentar de forma saudável.

Vale lembrar que não precisa fazer o Jejum Intermitente todos os dias no inicio ou mesmo depois de atingir seus objetivos. Você pode escolher dois ou três dias na semana, dependendo do resultado que você quer ter ou do que o profissional que te acompanha indicou, eu faço todos os dias e tenho percebido ótimos resultados.

>>>O que comer na pausa do Jejum Intermitente<<<

Enquanto você estiver em jejum, obviamente não deverá ingerir nada sólido. Especialistas sugerem bebidas não calóricas, como água, café e chá sem açúcar, pois não influenciam na quebra do jejum.

Durante a pausa do JI, as melhores alternativas são alimentos ricos em:

  • proteína (como as carnes e ovos); 
  • fibras (verduras, legumes, frutas e cereais) 
  • gorduras benéficas (abacate, peixes, castanhas, azeite…). 
O bacana é ter bom senso, pois, se você está recorrendo ao método do Jejum Intermitente para adquirir mais saúde e emagrecer, não vai sair por aí comendo alimentos pesados durante a pausa, não é mesmo?

Portanto, experimente o JI com responsabilidade e consulte seu médico e um nutricionista para fazer um acompanhamento. Boa sorte!

0 comentários